Produção mais inteligente: inteligência gera inovação em operações

A inteligência impulsiona a inovação das operações

Os dispositivos e as máquinas inteligentes mantêm os gerentes cientes dos problemas — erros de qualidade, paralisações de equipamentos, atrasos na produção, consumo excessivo de energia — e disparam respostas reativas.

Mas resolver problemas não é tão bom quanto evitar que aconteçam. Para serem verdadeiramente competitivos, os fabricantes devem ser mais inteligentes e aproveitar os dados para eliminar de maneira proativa os problemas antes que eles aconteçam, além de inovar continuamente processos e práticas operacionais.

Como? Integrando equipamentos a controles e sistemas de negócios da fábrica para gerar percepções com base em dados do chão de fábrica.

Quando a máquina de produção está vinculada diretamente ao software de análise, os gerentes têm percepções da Eficiência Geral do Equipamento (OEE) e de outras métricas de operações, como uso da energia, conformidade ambiental e variações na segurança.

Essas percepções permitem que os gerentes se tornem inovadores que revelam e removem as causas de problemas nas operações.

Equipamentos com mau desempenho, por exemplo, podem resultar de uma mistura complexa de problemas ocorridos em uma linha — sourcing de material e constituição, duração dos tempos de máquina, sequenciamento de bens.

Uma análise aprofundada de todas as variáveis da produção — inclusive dados da máquina — pode ajudar líderes na inovação geral do processo, aumentar a capacidade dos equipamentos e melhorar o desempenho de toda a linha.

Com o passar do tempo, inovações orientadas às percepções como essas reduzem os custos de manutenção, acabam com os desperdícios de produção (tempo, recursos e inventário), aumentam a confiabilidade dos equipamentos e ampliam o lucro.

A produção mais inteligente também oferece "verificações" em tempo real das linhas de produção e dos equipamentos, evitando problemas inesperados. Por exemplo, a inteligência de máquina incorporada — somada à segurança integrada — permite que um fabricante autentique quem tem acesso aos equipamentos, à tecnologia e aos dados da empresa. As falhas na segurança são interrompidas mesmo antes de acontecerem.

Qual é o grau de inteligência de suas linhas de produção? E quanto lucro a mais você poderia ter sendo uma empresa de produção mais inteligente com inovação de operações orientadas a dados?

Beth Parkinson
Publicado 11 Janeiro 2016 Por Beth Parkinson, Market Development Director, Connected Enterprise, Rockwell Automation

Contato

A Rockwell Automation e parceiros oferecem conhecimentos excepcionais para ajudar você a projetar, implementar e dar suporte ao investimento em automação.

Subscreva-se na nossa newsletter

Receba as últimas novidades sobre as tendências tecnológicas e soluções da Rockwell Automation.