Loading

Blog

Recent ActivityRecent Activity

O projeto de máquinas unificado possibilita o Novo Normal

Main Image

Reimaginar a digitalização e a flexibilidade de máquinas ajuda a eliminar a demanda imprevisível.

A explosão de SKUs conta. A era do comércio eletrônico. Personalização em massa como norma. Na última década, produtores e fabricantes de máquinas vêm buscando agilidade, eficiência e equilíbrio nas operações para atender às demandas do mercado.

Agora, estamos no meio de uma pandemia global. Historicamente, crises dessa magnitude levaram a mudanças permanentes, e agora não será diferente. Os consumidores se acostumarão a um novo modo de vida. O setor operará de maneira diferente. A fabricação de máquinas virá com novas expectativas.

 

Para alcançar o complexo, precisamos simplificar

Tradicionalmente, para que uma máquina ou linha faça mais, você adiciona ou reconfigura o equipamento. Isso acrescenta tempo de engenharia e espaço físico desnecessários, além de aumentar a manutenção e diminuir o tempo de lançamento no mercado. Hoje em dia, lidamos com a necessidade de flexibilidade ao vincular a tecnologia de uma maneira que as pessoas nunca fizeram antes.

Costumávamos falar sobre robótica, tecnologia de carrinho independente (ICT), controle de servo movimento e digitalização como entidades separadas. Graças aos avanços na mecatrônica, tudo isso agora é quase indistinguível. Com qualquer combinação de transporte inteligente e robôs, você pode substituir praticamente qualquer máquina. E, ao sobrepor o que há de mais recente na Internet das coisas industrial, como emulação para testes e análises para tomada de decisões, você cria um novo valor para os fabricantes.

Esse é o conceito de projeto de máquinas unificadas, juntando vários processos em um, de maneira mecânica, eletrônica e programática. Isso nos leva desde os dias de programação de mecânica acionada por eixo de transmissão até a configuração de soluções simples, seguras e flexíveis que permitem projeto, colaboração e otimização. Além disso, ganhamos:

  • Apenas uma solução para os fabricantes de máquinas oferecerem suporte.
  • Apenas uma interface para os operadores aprenderem.
  • Apenas um sistema para os trabalhadores fazerem manutenção.
  • Tudo com custo de capital e mão de obra mínimos.

 

Reimagine o que é possível

O maior obstáculo à implementação é pensar de maneira diferente (e maior) sobre todo o processo. As novas configurações de equipamentos podem satisfazer uma necessidade imediata, mas não prepararão seus clientes para o futuro, nem mesmo a melhor solução para os dias atuais. Como um fabricante de máquinas, começa analisando o desafio comercial, não a solicitação do projeto.

Essa nova visão permite que inúmeros setores progridam. Desde muitos óculos e lentes de contato com prescrição médica e exames de sangue e amostragem biotecnológica sem contato manual até a montagem totalmente automatizada de multipacotes de bens de consumo embalados, flexibilidade e velocidade são possíveis graças à simplificação do complexo. Aqui estão apenas alguns outros exemplos:

  • O fabricante de máquinas de embalagem CAMA Group criou a formação, a embalagem e a selagem de caixas em uma estrutura compacta. Com apenas três robôs e ICT, eles atendem à demanda por velocidades maiores, maior flexibilidade e mudança mais rápida.
  • Os laboratórios de descoberta de medicamentos estão se automatizando de maneiras mais semelhantes ao controle de tráfego aéreo do que à pesquisa médica. A Lilly Life Sciences Studio comprime um processo de duas a três semanas em apenas dois a três dias, e as amostras agora vão até os robôs via ICT em vez de os robôs irem até as amostras.
  • Nossa própria linha de produção de contatores foi construída a partir do projeto de máquinas unificadas. Ela pode acomodar até 6.000 SKUs em uma única máquina, produzindo pedidos de lotes pequenos sob demanda, alimentados pelo agendamento automático.

 

Unificação de equipamentos e equipes

Para empresas que têm dificuldades com trocas, milhares de SKUs ou que não sabem o que chegará pelo sistema de ERP, a oferta de flexibilidade infinita e operação simplificada é uma alternativa bem-vinda. Esse tipo de variabilidade exige uma abordagem de máquinas unificadas. E quem estiver encarregado dessas demandas aparentemente impossíveis terá isso em conta.

Mas não são apenas os fabricantes que precisam pensar de maneira diferente sobre os processos. Para que a robótica, as informações e a ICT funcionem como uma coisa só, a engenharia, as vendas, os fornecedores e o usuário final também precisam funcionar assim. Os melhores resultados provêm de uma abordagem colaborativa:

  • Os fabricantes de máquinas agregam experiência em manuseio de produtos e engenharia de máquinas.
  • Os usuários finais articulam o desafio comercial e defendem a visão.
  • Os consultores de tecnologia, como a Rockwell Automation, unificam tecnologias de movimento, controle e outras tecnologias avançadas para tornar a visão uma realidade.

Uma coisa é certa. O mercado está mudando rápido demais para as máquinas construídas sob medida oferecerem o retorno do investimento necessário. Mas as possibilidades de uma máquina “flexível sob medida” estão apenas começando. Entre em contato conosco e vamos explorar juntos as soluções para o Novo Normal.


Mike Wagner
Mike Wagner
Global OEM Business Manager, Rockwell Automation
Subscribe

Subscribe to Rockwell Automation and receive the latest news, thought leadership and information directly to your inbox.

Recommended For You