Trocar as partidas tradicionais por partidas suaves: Veja como calcular o ROI

Trocar as partidas tradicionais por partidas suaves

Vejamos uma página do livro de operações enxutas e falemos sobre a simples ideia de uma caminhada do desperdício (waste walk).

Para aqueles que não estão familiarizados com os termos associados com as iniciativas enxutas, uma caminhada do desperdício (Gemba) é simplesmente uma visita planejada ao lugar de trabalho para observar o que está acontecendo e registrar o desperdício.

O desperdício poderia estar associado a muitos aspectos dos ambientes de produção, incluindo ineficiências do processo, excesso de transporte/movimento, defeitos, esperas, etc. A ideia é avaliar como funcionam as coisas e o que é trabalho ou energia sem valor agregado, ou seja, desperdício.

Você deve estar se perguntando como isso se relaciona com a partida de motor tradicional, então, permita-me explicar.

Quantas vezes já andou pelo chão de fábrica apenas observando a automação? A realidade é que muitas vezes focamos nas coisas óbvias associadas com o que conhecemos melhor, como a fabricação de carros ou bolachas.

Mas já parou para acompanhar o dia de uma pessoa da manutenção? As atividades da manutenção são frequentemente ignoradas ao buscar formas para reduzir o desperdício. Pense nas formas em que o desgaste dos equipamentos é tradicionalmente gerido:

  • Substituição ou reparo de válvulas e cintas
  • Limpeza ou substituição de filtros
  • Troca de fluidos
  • Lubrificação de componentes
  • Limpeza geral

Agora, qual é a frequência dessas operações de manutenção preventiva tradicionais? Poderia ser reduzida ou eliminada com o uso de uma partida suave simples? 

  • Qual é o custo de substituir ou reparar uma válvula uma vez ao ano ou quatro vezes ao ano?
  • Pense no custo de realizar atividades de manutenção preventiva quatro vezes ao ano ou 12 vezes ao ano?
  • Quanto tempo é investido ajustando as cintas e os componentes da tração todo ano?
  • Quanto custa substituir/refabricar uma bomba ou motor?
  • Pense no impacto ambiental da gestão e eliminação de graxa/óleos/lubrificantes?

Utilizar partidas suaves nessas aplicações pode ser uma maneira fácil de reduzir o desperdício, reduzindo o tempo e custos associados com a manutenção dos equipamentos e permitindo que o pessoal da manutenção foque em outras atividades mais produtivas.

Além disso, usar uma partida suave ao invés de uma solução de partida tradicional pode ajudar a reduzir o desgaste de motores e equipamentos, reduzindo a energia fornecida ao motor durante a partida.  Em muitos casos, é energia e tempo sem valor agregado.

Finalmente, ao observar uma máquina ou processo de produção industrial típica, 90% dos motores que controlam essas aplicações têm menos de 10 HP (7,5 kW) e 82% deles estão associados com bombas, ventiladores e compressores. 

Para a maioria das aplicações que envolvem motores desse tamanho, as partidas suaves são o suficientemente compactas para ocupar o mesmo espaço das soluções de partida tradicionais.  Então, pode obter os benefícios de uma partida suave e, ao mesmo tempo, manter a mesma dimensão.

Agora, pensemos novamente no conceito de “caminhada do desperdício”.

Procurar desperdícios relacionados com o desgaste é uma ótima forma de identificar os suportes financeiros necessários para calcular o retorno do investimento (ROI) real.

Ao se colocar no lugar do pessoal da manutenção por um dia, encontrará formas óbvias (e talvez não tão óbvias) de evitar o desperdício por meio das tecnologias de partida suave.

Andy Jaap
Publicado 27 Julho 2018 Por Andy Jaap, Business Manager, Rockwell Automation
  • Contato:

Blog

Queremos mantê-lo atualizado com o que está acontecendo na sua indústria para ajudá-lo a estar na frente no futuro. O Blog da Rockwell Automation é uma plataforma para os nossos colaboradores e blogueiros convidados para compartilhar tecnologias e temas relacionados com a indústria.