O sistema de vapor da fábrica de pneus é inteligente para a produção?

O sistema de vapor da fábrica de pneus é inteligente o suficiente?

No setor global de pneus, assumir um papel de destaque na sustentabilidade e na eficiência energética não é algo novo.

Ao longo da década passada, os produtores de pneus adotaram projetos e materiais inovadores que dão suporte à economia de combustível do veículo e reduzem o impacto ambiental de modo geral sobre os produtos finais.

Atualmente, com a demanda mundial devendo crescer aproximadamente quatro% a cada ano até 2019, os fabricantes de pneus estão diante do desafio de aumentar a produção – e manter a própria dimensão ambiental sob controle.

Jamais houve um momento melhor para os produtores de pneus examinarem bem os respectivos sistemas de vapor. Fundamental para a vulcanização de pneus e outros processos, um sistema de vapor ineficiente pode prejudicar muito a disponibilidade e o uso de energia.

Com vida útil prolongada de 20 anos ou mais, as caldeiras do sistema de vapor estão entre os equipamentos de vida mais longa em uma fábrica de pneus típica.

Porém, em muitos casos, as caldeiras já existentes são operadas com sistemas de controle desatualizados – e não foram otimizadas para os ambientes de produção multivariável atuais.

Para ajudar a garantir a confiabilidade, praticamente todos os sistemas de vapor incluem várias caldeiras configuradas para redundância. No entanto, muitos sistemas não estão usando informações sobre a produção para gerenciar as exigências de carga com mais eficiência.

A The Connected Enterprise apresenta a estrutura para a otimização da caldeira e uma estratégia de gestão de carga econômica. Resumidamente, a The Connected Enterprise vincula dados de linhas de produção, utilitários e TI da empresa, além de fornecer informações contextualizadas onde e quando necessário.

Para muitos produtores de pneus, melhorar a qualidade dos dados do sistema de vapor é um primeiro passo importante. Uma modernização do sistema de controle da Rockwell Automation pode incluir produtos de energia e monitoração de energia para ajudar a coletar os dados certos sobre o consumo de energia da caldeira, as maiores cargas, a qualidade da alimentação e os custos de energia.

Porém, obter os dados certos é apenas parte da equação. Para melhorar o desempenho do sistema de vapor e a utilização da energia, os dados certos devem ser analisados, e ser apresentados no contexto certo.

Nosso software de inteligência de produção oferece conectividade com vários dados históricos e em tempo real, inclusive informações de monitoração de energia, em uma única solução.

Para contextualizar melhor os dados, esses aplicativos podem ser estendidos para incluir tempos de ciclo ou informações de outros dispositivos no chão de fábrica, como sensores.

E mais: todos os dados de produção estão disponíveis em tempo real, em qualquer dispositivo móvel, sempre que necessário.

Analisando informações contextualizadas, os produtores de pneus podem identificar mais facilmente padrões de uso da caldeira, além de oportunidades para economia de energia e custo. As informações contextualizadas também permitem a manutenção preventiva e aumentam a produtividade. Isso deixa os sistemas de vapor mais inteligentes e dá suporte a decisões melhores.

Saiba mais sobre por que a The Connected Enterprise faz sentido do ponto de vista dos negócios para a fabricação de pneus.

Coautoria de Stefano Villa, gerente de aplicações de petróleo e gás da Rockwell Automation

Paolo Butti
Publicado 18 Janeiro 2016 Por Paolo Butti, Industry Manager Auto & Tire, Rockwell Automation
  • Contato:

Contato

A Rockwell Automation e parceiros oferecem conhecimentos excepcionais para ajudar você a projetar, implementar e dar suporte ao investimento em automação.

Subscreva-se na nossa newsletter

Receba as últimas novidades sobre as tendências tecnológicas e soluções da Rockwell Automation.