Alinhe sua cadeia de fornecimento agora com The Connected Enterprise

Alinhe sua cadeia de fornecimento agora com a IoT

Não é fácil alinhar centenas de processos em uma única instalação para produzir com rentabilidade e fornecer produtos de alta qualidade no prazo. Além disso, hoje está cada vez mais difícil alinhar esses processos com cadeias de fornecimento globais e demandas de cliente que mudam rapidamente.

Isso não precisa ser assim.

As empresas que adotam uma estrutura Connected Enterprise podem alcançar o alinhamento completo da cadeia de fornecimento vinculando processos por meio da Internet das coisas e da inteligência incorporada

O resultado? Melhora do desempenho e da produtividade:

  • Qualidade: pouco ou nenhum esforço gasto em sucatas ou materiais reaproveitados, ou na liberação de mercadorias inferiores para os clientes. A Internet das coisas monitora parâmetros de qualidade fora dos limites de fornecedores ou processos internos em tempo real.
  • Velocidade: as fábricas transformam os inventários rapidamente à medida que as mercadorias passam por processos de produção simplificados. A Internet das coisas monitora os pontos de verificação em cada produto durante a produção, acionando liberações eficientes e eliminando gargalos (além de fornecer relatórios de regulamentação sobre atividades de produção, simplificando o processo de conformidade).
  • Custos: buffers de inventário, prazo e mão de obra ajudam muitos fabricantes a fornecer mercadorias no prazo, mas também reduzem o lucro. A Internet das coisas acompanha a gestão de ordens de trabalho, confirma e coordena pedidos de ERP e ajuda a liderança da fábrica a tomar decisões conscientes sobre mão de obra e capacidade.
  • Remoção de resíduos: os famosos oito resíduos são tão relevantes hoje quanto eram quando foram detalhados na década de 1980, e todos afetam a qualidade, a velocidade e o custo. A Internet das coisas coleta e avalia dados de produção, estabelecendo pontos de referência que impulsionam uma organização e seus fornecedores para não terem desperdícios.
  • Inovação: fabricantes mundiais desenvolvem mercadorias de grande valor que são úteis para os clientes, aplicam uma abordagem de redução de resíduos aos processos de desenvolvimento de novos produtos e eliminam os obstáculos entre projeto, produção e clientes. Eles também são mais abertos à inovação que inclui processos de produção, desenvolvimento da força de trabalho, materiais, tecnologias etc. A Internet das coisas facilita a colaboração segura na infraestrutura de TI/TO para estimular a inovação.

Quando desenvolvemos nossa própria Connected Enterprise na Rockwell Automation, incentivamos fornecedores, clientes e fabricantes de equipamentos a seguir nossa liderança. É por esse motivo que a The Connected Enterprise só é realmente conectada, e produtiva, quando consegue ver e reagir a tendências externas, práticas e eventos. Você pode ter a organização mais reativa e produtiva internamente, mas se não conseguir prever e gerenciar fatores externos (como problemas de fornecedor, alterações no pedido do cliente e até mesmo eventos do mercado como condições climáticas extremas ou falta de mercadorias) sua capacidade de melhoria será limitada.

Quando a Rockwell Automation começou sua própria jornada rumo à Connected Enterprise e desenvolveu um plano de cinco anos para chegar lá, ela fez isso com a intenção de reestruturar nossas instalações e a rede de fornecedores para alcançar uma colaboração e visibilidade incomparáveis com os parceiros de negócios.

A Rockwell Automation conectou os locais da cadeia de fornecimento com suas operações corporativas e do chão de fábrica, implementou novas tecnologias para melhorar o controle da cadeia de fornecimento e usou informações da Internet das coisas para avaliar e encontrar novos fornecedores. Os fornecedores, por sua vez, ganharam acesso em tempo real a programações de produção just-in-time para garantir entregas dentro do prazo. Os clientes identificaram maneiras de minimizar a obsolescência do produto e o refugo, aproveitar as oportunidades abertas de capacidade e custo e explorar coletivamente os produtos da próxima geração.

The Connected Enterprise também traz ferramentas de colaboração de alta tecnologia para a infraestrutura estendida de TI/TO (acesso remoto, mensagens instantâneas, bate-papo com vídeo e compartilhamento de arquivos). Isso melhora a tomada de decisões na cadeia de fornecimento e o compartilhamento de conhecimento em tempo real.

Alinhe sua cadeia de fornecimento com uma Connected Enterprise, e aproveite o lucro mais alto oferecido pela eficiência digital.

[1] Os sete resíduos da Toyota (produção em excesso, transporte, espera, processamento em excesso, inventário em excesso, movimento desnecessário e defeitos) e um oitavo resíduo (talento) que é adicionado com frequência à lista.

Beth Parkinson
Publicado 14 Dezembro 2015 Por Beth Parkinson, Market Development Director, Connected Enterprise, Rockwell Automation

Contato

A Rockwell Automation e parceiros oferecem conhecimentos excepcionais para ajudar você a projetar, implementar e dar suporte ao investimento em automação.

Subscreva-se na nossa newsletter

Receba as últimas novidades sobre as tendências tecnológicas e soluções da Rockwell Automation.