Em dobro: Dois líderes da indústria farmacêutica utilizam software

Indústria farmacêutica utilizam software

Desde o atendimento às estritas regulamentações de conformidade até permanecer lucrativo em uma indústria altamente competitiva, não é fácil para os fabricantes do setor farmacêutico e de dispositivos médicos.

Mas isso não quer dizer que o trabalho deles não possa ser facilitado.

Um software de informação firmemente integrado aos sistemas de controle da produção pode ter um papel multifuncional ao ajudar os fabricantes da indústria de ciências da vida a aprimorar e refinar suas operações.

Um sistema de execução de manufatura (MES) pode automatizar o fluxo de trabalho da produção e realizar o registro eletrônico de lote em tempo real (EBR), o que é muito mais eficiente do que revisões em papel e permite que a gerência reveja exceções.

O software de inteligência de manufatura empresarial (EMI) pode proporcionar uma única versão da verdade operacional, desenvolver métricas, alertas e relatórios em tempo real baseados nas grandes quantidades de fluxos de dados dos dispositivos de controle e dos equipamentos de produção e processamento.

À medida que nos aproximamos da INTERPHEX 2015 em Nova York, duas histórias de sucesso na indústria farmacêutica, que compartilhamos no evento TechED de 2014 da Rockwell Automation, ilustram o poder do software de informação. 

EMI para transparência global de ativos

Após anos de fusões e aquisições, a gigante farmacêutica Pfizer se tornou a maior empresa farmacêutica do mundo baseada em pesquisas.

Como seria de esperar, aquele crescimento trouxe desafios. A empresa administra uma variedade de instalações e processos de produção de medicamentos em 175 mercados globais.

Para fornecer produtos de alta qualidade e manter o lucro, a Pfizer precisa utilizar seus ativos de produção com a maior eficiência possível.

Com as aplicações de relatório localizadas em mais de 56 locais de produção, tornou-se desafiador medir com consistência o desempenho entre as instalações e identificar as oportunidades de aprimoramento.

Além disso, era difícil para os gestores obterem o desempenho e comparações de ativos globais já que era necessário se conectar a cada local para obter relatórios sobre instalações e linhas individuais.

“Precisávamos melhorar o acesso à informação”, afirma José Medina, analista sênior e gerente de inteligência da Pfizer. “Precisávamos proporcionar uma melhor compreensão das informações.

Precisávamos que os usuários tivessem a capacidade de criar seus próprios cenários de relatórios. E precisávamos que os usuários tivessem a capacidade de executar tendências de dados em tempo real e históricos.”

A empresa selecionou o software FactoryTalk® VantagePoint® da Rockwell Automation para desenvolver uma solução de EMI global chamada de VisionPoint. O software proporciona uma visão única e padronizada dos ativos globais de produção, com relatórios em tempo real e de tendência.

Os operadores e líderes de negócio da Pfizer agora podem acessar os dados que precisam para executar comparações linha-a-linha e detalhar as causas-raiz para a variabilidade de produto.

A solução não apenas reduziu dramaticamente as complicações, mas facilitou a conformidade e ajudou a impulsionar a produtividade nas fábricas.

MES com EBR corta pela metade o tempo de revisão

A segunda história compartilhada no evento TechED da Rockwell Automation foi da Ferring Pharmaceuticals. Essa empresa baseada na Suíça tem instalações de produção na Europa, na Ásia e na América do Sul; seus produtos são distribuídos em mais de 70 países.

Recentemente, a empresa decidiu mudar para um sistema EBR para substituir seu sistema totalmente baseado em papel e ajudar a reduzir o prazo de fabricação.

“Uma solução de EBR é o GPS das operações de manufatura”, afirmou Jerome Repiton, diretor associado do programa Lean Six Sigma da Ferring Pharmaceuticals. “Ele orienta o usuário ao destino desejado, encontra o caminho mais curto, alerta sobre perigos e o mantém informado em tempo real.”

Além dos recursos de EBR, a Ferring Pharmaceuticals buscava diversos recursos adicionais em seu novo conjunto de software. Isso incluía, entre outras coisas, a manutenção precisa dos dados de receita, um controle mais rígido dos processos de produção, garantir a conformidade com GMP e a eliminação das tarefas manuais de entrada de dados para aumentar a produtividade do operador.

A empresa escolheu o sistema PharmaSuite e trabalhou com especialistas da Rockwell Automation para adequar o software para atender as necessidades específicas da Ferring Pharmaceuticals.

Com o sistema instalado, a Ferring Pharmaceuticals melhorou seu tempo de atendimento cortando o tempo de revisão de lote quase pela metade. E, em um período de cinco anos, a empresa aumentou seu número de lotes processados de 7.000 para 11.000.

Não é preciso dizer, mas esse tipo de histórias de sucesso é a razão de existirmos. Os desafios da produção farmacêutica não desaparecerão, mas as soluções de software permitem que eles sejam muito mais fáceis de lidar e aumentam a produtividade no processo.

Estaremos na INTERPHEX para compartilhar essas histórias e mais melhores práticas da indústria. O Rockwell Automation Learning Center estará localizado no estande CP-3, próximo ao balcão de registro.

Khris Kammer
Publicado 1 Março 2017 Por Khris Kammer, Commercial Programs Manager, Global Solutions & Services, Rockwell Automation
  • Contato:

Blog

Queremos mantê-lo atualizado com o que está acontecendo na sua indústria para ajudá-lo a estar na frente no futuro. O Blog da Rockwell Automation é uma plataforma para os nossos colaboradores e blogueiros convidados para compartilhar tecnologias e temas relacionados com a indústria.