Como fabricantes estão extraindo valor dos dados

Como fabricantes estão extraindo valor dos dados

Para os fabricantes de hoje, os dados são tão importantes quanto as cadeias de fornecimento, os caminhões e as máquinas industriais.

Os dados são inúteis se você não os transformar em visões e depois utilizar essas informações em tempo real em novas eficiências, serviços e modelos de negócios.

A transformação digital (mudanças tecnológicas e organizacionais) permite a agilidade que os fabricantes precisarão para competir com eficiência.

Recentemente tive o privilégio de explorar como os fabricantes estão abordando a transformação digital em um podcast com Scott Lapcewich, Vice-presidente e Gerente Geral de Suporte ao Cliente e Manutenção da Rockwell Automation.

Seguem alguns destaques de nossa conversa (observação: esta transcrição foi editada devido às limitações de espaço).

Como os fabricantes bem-sucedidos começam a digitalização?

Eu e Scott rapidamente concordamos que é importante voltar ao básico quando pensamos sobre a digitalização: você precisa de um plano real!

Muitos dos clientes com os quais trabalhamos estão animados com as possibilidades da digitalização e os encorajamos a pensar sobre como suas operações de manufatura se encaixam nos objetivos gerais de negócio.

Scott mencionou algumas considerações adicionais após o desenvolvimento do seu plano:

  • Um resultado desse plano deve incluir quais investimentos são exigidos, tanto do ponto de vista da infraestrutura como da modernização.
  • Uma vez que você esteja conectado e suas fábricas integradas, seus dados podem ser capturados através de uma aplicação de software empresarial. Na Rockwell Automation fizemos isso com nossas próprias fábricas e utilizamos nossos dados para aprimorar a produção e melhorar a qualidade.
  • Finalmente, sugerimos a integração de suas operações de manufatura com o front-end e o back-end dos seus negócios.  Apoiar clientes e fornecedores, de modo que você possa começar a otimizar sua capacidade de resposta, seu estoque e sua produção.
Então Scott mencionou os dados. Em minha experiência trabalhando com clientes e mesmo internamente, os dados assustam as pessoas.

Isso inclui o volume dos dados e o que eles estão tentando lhes dizer. Só os dados, como uma finalidade em si, não fazem sentido. Juntos, sensores e dados são poderosos.

Que conselho você dá aos fabricantes para otimizar o desempenho?

Como eu disse antes, primeiro você precisa extrair os dados existentes de modo que possa realmente começar a reagir ao que acontece.

Olhar o que está lá pode ser assustador, já que se não estiver lá e você não puder ver, é uma grande forma de ocultar problemas.

Quando olho o número de sensores que surgem e proporcionam dados, algumas pesquisas falam em 20 bilhões de sensores nos próximos cinco anos, algumas de 40 bilhões, outras 50, mas o número não importa.

É uma quantidade enorme de dados vinda daqueles sensores. O que precisamos falar é de onde os dados vieram, o que fazer com eles, como fazer e a partir de onde procurá-los.

Também precisamos ajudar os clientes a compreender os dados, de que modo estão sendo utilizados ou não e como priorizar essas informações.

Scott me deu alguns exemplos sobre o que a Rockwell Automation está fazendo para indicar a condição dos diferentes ativos e para gerar informações de diagnóstico automáticas sobre o que está acontecendo no chão de fábrica.

Com a incorporação de análises automáticas nos controladores programáveis da Rockwell Automation e no software empresarial, os clientes podem obter informações inteligentes das máquinas.

Também falamos sobre a oportunidade importante de analisar tendências de dados e de monitorar as referências de desempenho para auxiliar os clientes a determinar as ações específicas que podem tomar dentro de suas operações.

Por exemplo, para aprimorar a qualidade eles podem visualizar dados em tendências de longo prazo para apontar quais fatores podem levar ao declínio da qualidade ao longo do tempo.

Como eles podem dominar (ou obter o controle de) seus dados?

Uma coisa que sempre ouvimos dos fabricantes é que eles têm dados e painéis, mas o problema é que são dados demais e pouca especialização sobre os alertas que recebem.

Se um alerta é disparado, eles querem fluxos de trabalho incorporados para chamar um especialista, seja dentro ou fora da empresa.

Perguntei a Scott se a Rockwell Automation estava criando algum recurso que encaminhasse os alertas sobre os dispositivos para um profissional de operações treinado, de modo que os clientes pudessem começar a entregar os alertas aos fornecedores de automação.

Acontece que não é tão fácil quanto pode parecer. Ele explicou que o desafio é que surgem muitos alarmes em uma linha de processo todos os dias.

Alguns deles são significativos, outros não. Assim, para poder definir um contrato de serviço gerenciado com os clientes, é necessário que exista colaboração inicial quanto ao que a linha de processo faz, quais são as principais variáveis e tendências e sobre como monitorá-las para indicar possíveis problemas.

Então você pode configurar sensores e os recursos de monitoração para identificar quais combinações de eventos ou alarmes indicam uma falha potencial pendente, um problema pendente ou um problema que já ocorreu.

Na verdade, a Rockwell Automation presta o serviço de encaminhamento de alarmes à sua central de suporte, onde alguém está disponível para responder 24 horas por dia.

A Rockwell também pode encaminhar os alarmes diretamente ao computador de um especialista no domínio, em qualquer lugar do mundo, para localizar o problema remotamente.

Estes foram alguns dos pontos principais de nossa discussão.

Ouça o podcast completo aqui e veja nosso slideshare para obter tópicos mais avançados.

Doug Bellin
Publicado 5 Setembro 2016 Por Doug Bellin, Global Senior Manager, Manufacturing and Energy, Cisco

Contato

A Rockwell Automation e parceiros oferecem conhecimentos excepcionais para ajudar você a projetar, implementar e dar suporte ao investimento em automação.

Subscreva-se na nossa newsletter

Receba as últimas novidades sobre as tendências tecnológicas e soluções da Rockwell Automation.