Melhor seguro (e protegido) do que lamentar

Melhor seguro (e protegido) do que lamentar

Mesmo estando na era da digitalização, poucas empresas podem depender somente da automação e dos equipamentos para produzir e enviar bens. A mão de obra humana ainda é essencial para a manufatura, o que significa que as circunstâncias homem-máquina (e os perigos) são uma preocupação constante para os executivos:

  • Os trabalhadores podem se ferir, ou pior. Os funcionários devem saber que estão seguros para fazer seu melhor trabalho. Felizmente, os ambientes de produção com máquinas inteligentes e que se reconhecem podem ajudar a proteger os funcionários. Aproximadamente o 39% dos fabricantes já usa dispositivos inteligentes ou inteligência incorporada nas operações como uma forma de melhorar a segurança.
  • Os trabalhadores podem errar: Até os melhores funcionários podem cometer erros que geram problemas de qualidade, danificam os equipamentos ou ferem colegas. Os equipamentos que se reconhecem podem ajudar a detectar os equívocos durante ou antes que aconteçam -a través de um poka yoke digital- e evitar perdas de produtos, capital ou humanas. Dois terços dos fabricantes já usam dispositivos inteligentes ou inteligência incorporada nas operações como uma forma de melhorar a qualidade.
  • As pessoas às vezes podem ser maliciosas: Hackers ou funcionários insatisfeitos podem tentar interromper as operações, ter acesso a dados dos clientes ou roubar propriedade intelectual. Uma segurança conectada e integral (das máquinas inteligentes, infraestrutura de rede e às aplicações e soluções da empresa) pode ajudar a reduzir as possibilidades de intrusões. Aproximadamente o 63% dos fabricantes diz que o uso de dispositivos inteligentes ou inteligência incorporada nas fábricas e processos melhorou a proteção dos dados e sistemas de TI.

The Connected Enterprise oferece dados das operações e de segurança em tempo real que podem ser utilizados para melhorar o desempenho e a conformidade da segurança. Os profissionais da segurança obtêm uma compreensão sem precedentes do comportamento dos trabalhadores, o desempenho das máquinas, causas dos encerramentos ou interrupções de segurança, tendências e anomalias de segurança.

The Connected Enterprise também aproveita os dados em tempo real em um sistema de execução de manufatura (MES), integrando a gestão de qualidade e análise empresarial com a gestão da produção. Ao invés de perseguir os problemas de qualidade à medida que os produtos avançam na linha (onde podem se tornar problemas de segurança para os funcionários e os clientes), as empresas com sistemas MES habilitados pela IIoT podem ajudar a evitar os equívocos e atender aos padrões de conformidade.

Isso exige uma abordagem integral que não só inclui as tecnologias da Connected Enterprise, mas também políticas e procedimentos para abordar os riscos relacionados com as pessoas, processos e tecnologias. Essa abordagem multifacetada ajuda a habilitar a segurança defesa em profundidade que estrutura capas de defesa física, eletrônica e de procedimentos para dissuasão máxima.

A sua Connected Enterprise está segura e protegida?

Beth Parkinson
Postagem November 1, 2017 Por Beth Parkinson, Market Development Director, Connected Enterprise, Rockwell Automation
  • Contato :

Blog

Queremos mantê-lo atualizado com o que está acontecendo na sua indústria para ajudá-lo a estar na frente no futuro. O Blog da Rockwell Automation é uma plataforma para os nossos colaboradores e blogueiros convidados para compartilhar tecnologias e temas relacionados com a indústria.