A Inteligência Artificial na estratégia de manutenção de equipamentos

Inteligência Artificial na manutenção de dutos

Quando ouve “Inteligência Artificial", você se lembra de filmes de ficção científica ou de robôs assumindo o controle do mundo? Você não é o único.

Por Ross Otto, gerente de Programas e Engenharia, Rockwell Automation

 

Quando ouve as palavras “Inteligência Artificial (ou AI – Artificial Intelligence)”, você se lembra de imagens de filmes de ficção científica ou de robôs assumindo o controle do mundo?

Você não é o único. Gostaria de saber o que a sigla AI realmente significa? Empresas semelhantes à sua já estão aproveitando esta tecnologia para melhorar suas operações. Permanecer competitivo no futuro vai depender disso.

Como a AI pode ajudar operações de dutos a permanecerem competitivas?

A AI é composta de elementos inteligentes, também chamados simplesmente de “agentes” – partes autônomas de software que coletam informações dos sensores, detectam padrões e anomalias e, em seguida, usam essas informações para ações, solicitando a intervenção humana ou modificando parâmetros operacionais.

Há milhares de aplicações comerciais para esses agentes. Empresas de dutos sempre sofreram com a manutenção dos equipamentos, pois, devido à sua natureza, operam em grandes distâncias e, muitas vezes, em locais remotos e inabitados.

A manutenção de equipamentos é uma oportunidade natural para iniciar a implementação de agentes e da Inteligência Artificial. Os agentes podem monitorar o desempenho de equipamentos rotativos, como motores elétricos, geradores de gás, bombas e compressores, que formam o sistema básico de uma unidade de processo e, em alguns casos, até mesmo o desempenho do próprio oleoduto/gasoduto: medição de vazão, temperatura, pressão e densidade do produto transportado pelos dutos.

Pense nisto:

  • 85% dos equipamentos falham, mesmo com manutenção programada. (estudo da Boeing)
  • Um terço de toda a verba de manutenção é desperdiçado devido a métodos de gestão de manutenção ineficazes. (Fundamentos da Manutenção 2ª Edição - R. Keith Mobley)

Que bela oportunidade para melhorias!

Sem o tempo e a verba para enviar fisicamente um profissional aos locais remotos para monitorar o desempenho e as necessidades de manutenção de um determinado equipamento, um agente pode ser programado para detectar problemas em equipamentos localizados em qualquer parte do mundo antes que uma falha ocorra. Assim que um possível problema é detectado, o agente pode alertar sua equipe para agir.

O que é um agente?

Há dois tipos de agentes frequentemente usados em manutenção preditiva: agentes de falha e agentes de anomalias.

Os agentes de falha são programados para procurar padrões em dados que já são associados a um modo de falha conhecido. Quando este padrão é detectado, o agente alerta sua equipe sobre uma falha iminente e prescreve a atividade de manutenção apropriada.

Os agentes de anomalia procuram dados que estão se desviando daqueles associados às operações normais e alertam sua equipe quando um novo padrão é descoberto, para que ele possa ser investigado.

Criar agentes de falha e agentes de anomalias é um processo bastante simples:

  • Determine os dados necessários.
  • Instale sensores para capturar esses dados.
  • Configure os agentes de falha para reconhecer padrões de falha conhecidos.
  • Configure os agentes de anomalias para reconhecer padrões de dados anormais.

Para desempenho máximo

Embora as pessoas possam identificar padrões simples e significativos usando ferramentas de análise de tendências e análises históricas, sistemas de dutos são, por vezes, complexos demais para que o reconhecimento desses padrões por humanos detecte os problemas antes da ocorrência de falhas.

Considerando tudo isso, empresas de dutos em todo o mundo estão recorrendo a modelos matemáticos para análise preditiva, e algumas até estão implementando ferramentas de aprendizagem de máquina para identificar quando o duto estiver operando de forma anormal e ajudar a assegurar o desempenho máximo continuamente.

A Inteligência Artificial é o caminho para mudar sua estratégia de manutenção, fazendo com que você abandone a manutenção programada e preventiva (calendarizada), em favor da manutenção preditiva, que permitirá ajudá-lo a incrementar a segurança e a eficiência operacional dos dutos.

Conheça as Soluções da Rockwell Automation para a Indústria de Petróleo e Gás.

Subscreva-se na nossa newsletter

A Rockwell Automation e parceiros oferecem conhecimentos excepcionais para ajudar você a projetar, implementar e dar suporte ao investimento em automação.

Subscrição

Receba as últimas novidades sobre as tendências tecnológicas e soluções da Rockwell Automation.